Sunday, April 30, 2006

Sobre as cenas de sexo em "Marcas da Violência"

Voltei para falar sobre as cenas de sexo no filme "Marcas da Violência". Fui bastante relapso no post anterior. Ou melhor, só queria colocar alguma coisinha no blog hoje, dar uma nota pro filme. Mas isto não justifica passar batido pelas duas boas cenas de sexo, considerando, é claro, serem do cinema médio americano.

Na primeira eles estão num quarto no sótão, um quarto de adolescente. A menina chega vestida de cheerleader, o rapaz a espera na cama com a camisa aberta, ela levanta a saia e mostra a calcinha. A menina sobe em cima dele fala alguma coisa engraçadinha. O rapaz depois vai pra cima dela e com a cabeça na altura das coxas dela puxa a calcinha e a tira, só a calcinha, sem tirar a saia. Os dois se movimentam até estarem numa posição de sessenta e nove. Fim da cena, afinal, poxa, é hollywood.

Eles a quem eu chamei de menina e rapaz, são na verdade marido e mulher, não são novos nem nada, caso você esteja imaginando assim. Na segunda sequência depois de uma briga ela sai da sala e começa a subir as escadas. Ele corre para as escadas e a agarra pelos tornolezos, a mulher se vira, reage um pouco, mas se rende e começa a beijá-lo. Eles fazem sexo ali, na escada.

Pronto. Missão cumprida. Mudei a nota do filme para B-, as cenas são B+.

5 comments:

Adri said...

Eu conheco este cara desde que nasci, e uma coisa que eu respeito muito "is his expertise" em classificacoes de cinema e filmes... Gostaria de ver mais de suas criticas e se nao for pedir muito, o nome do filme em ilges tambem.... :o) Um abracao de seu mano...

Adri said...

Bem... esqueci de comentar some seu Post... Na verdade a notal final do filme, apos ser atualizada continua a mesma, somente mudou a classificacao de 'partes' do filme!

Augusto Ouriques Lopes said...

Adri: Desta vez o grupo de pessoas que traduziu o título para o português não viajou como costuma acontecer. O nome em inglês é "A History of Violence" mesmo. Você vai gostar, piá.

Adri said...

Beleza, vou ver se acho na locadora hoje mesmo. fui....

Augusto Ouriques Lopes said...

Adri:

Correção: Não foi desta vez que os homi no Brasil (seja lá quem eles forem) acertaram na tradução do título. O Nome em português é "As Marcas da Violência".