Tuesday, July 31, 2007

Trabalho insalubre

Meu irmão trabalha em uma mina de carvão e eu sou um analista de sistemas.

As perguntas mais comuns sobre o trabalho do meu irmão envolvem insalubridade.

Olho pro meu irmão e vejo um cara saudável e forte, com uma boa postura, musculatura firme, pele bonita, sorriso largo.

Eu, um animal corporativo de carga média diária de trabalho de 9 horas na frente de um computador, estou barrigudo, estou ficando corcunda, estou desbotado pela falta de sol e minha mão direita tem dores estranhas causadas pelo uso do mouse e do teclado. Acho até que a capacidade de focar objetos além dos 40 centímetros onde fica a tela do laptop está ficando debilitada. Sem contar todo o desgaste psicológico de se perceber que se será um bicho preso num cubículo por anos.

Isto sim é insalubridade.

8 comments:

Adri said...

Recentemente eu assisti uma reportagem que cobriu esta mesma matéria, aqui na Autrália advogados, médicos, contadores formados, estao deixando o cubiculo de seus escritorios para trabalharem em mineiração, construção e outras formas de trabalhos que envolvem ar fresco e sol, por motivos de saúde física e mental...

Anonymous said...

Brandina diz: Augusto vc lembra que na Austrália vc trabalhou com um ex gerente de banco que estava cortando gramas? Hoje êle deve estar mais saudável e feliz. O que importa é ser feliz. Beijos.

Pai. said...

Essa comparação entre o trabalhador sedentário e o braçal só reforça minha tese que todas as coisas sempre têm dois lados, um bom e um ruim.

Um cara. said...

Em compensação, o fato do trabalho ser monótono, sedentário e estressante estimula o trabalhador a procurar outras atividades masi saudáveis como: caminhadas, corridas, pára-quedismo e mergulho, não é mesmo seu Ornito?

outro cara said...

Dou uma idéia! Por que não passa uns tempos trabalhando numa mina de carvão ai nos USA, só para "descansar" da atual ocupação?

Adri said...

Aqui nas minas, estão a procura de electricistas...... você é formado não...

Anonymous said...

adorei o "animal corporativo"

Daniel Caron said...

Pára de reclamar e volta ao trabalho!

Aposto que escreveu estas linhas no expediente.

Eu também não nasci pra ficar trancado num escritório.

Abraço cara