Thursday, August 02, 2007

Medos

O homem de Neandertal tinha medo de água, ou melhor estar debaixo d’água se afogar e morrer. Ele tinha também medo do escuro, pois era quando ficava mais vulnerável a predadores. O desenvolvimento destes medos entre outros é o que trouxe nossa espécie até o aqui e agora recheado de outros medos. Medo de não suportar a carga de trabalho, medo de perder o emprego, medo de não ter o dinheiro para pagar as contas no fim do mês. Modernamente chamamos o desgaste em lidar com estes pequenos medos diários de stress.

No próximo final de semana para desestressar vou brincar com aqueles medos pré-históricos incrustados nos nossos genes e partir para um mergulho de scuba à noite.


Foto Googlada

1 comment:

"Nunca mergulhou, mas não sente medo".. said...

Perfeita a interpretação dos medos, o homem gosta de "brincar" com seus temores atávicos, num jogo que quer dizer; "Viu como eu te enfrento? Viu como sou corajoso?" Isso, além de afastar os demônios, desestressa, é ótimo. Parabéns pelo belo texto e pela "coragem" de encarar o perigo de frente. Lembrando que coragem não é ausência de medo e, sim, reconhecimento deste e ousadia para encará-lo.