Monday, May 07, 2007

Grama verdinha em quintais sem muros

Eu devo mesmo ter algum problema.

Sabe aqueles bairros de casas sem cercas ou muros, com grama bem verdinha e bem cortada no quintal da frente? Aqueles tipos de bairros americanos como o do filme “Edward Mãos-de-Tesoura”. Bem, enquanto alguns ao ver toda aquela beleza e organização que parecem de mentira imaginam a alegria dos moradores e o mar-de-rosas que suas vidas devem ser, eu bem pelo contrário quando passo por um bairro assim aqui em Houston fico imaginando que tipo de doenças da alma não estão escondidas atrás daquelas paredes. Quantos pedófilos não estão numa sala-escritório sentados numa poltrona de couro caçando por crianças na internet? Será que aquele senhor pegando o jornal jogado pelo entregador não tem o desejo de matar sua esposa e filhos? Aquele outro ali lavando o carro é um comedor de carne humana?

De novo, eu devo mesmo ter algum problema como dizem minhas ex-namoradas.

1 comment:

J. said...

Não Ornito! Você não tem problema, quem tem é essa sociedade aparentemente "certinha" que esconde seus milhares de esqueletos nos armários. Senão, como explicar os massacres sistemáticos nas escolas perpetrados por pessoas que têm tudo e não deveriam revoltar-se com a sociedade que os "fez"? Como explicar a (re)eleição de um presidende cristão-fundamentalista-sanguinário como Bush? O Bush é o Bin Laden ocidental, mas com muito mais poder. Imagine se a sociedade americana com todo seu poderio econômico, político, tecnológico e de liderança, voltasse suas forças para o bem da humanidade. Acho que teríamos um mundo melhor, muito melhor.