Wednesday, September 05, 2007

Zeeko

O meu pequeno cachorro Zeeko morreu ao ser anestesiado para uma cirurgia que consertaria sua pata quebrada.

Estou muito triste.

Esse aqui é um texto do meu pai que me tocou bastante.

Réquiem para um cãozinho feliz

O Chihuahua, o menor cão do mundo, é extremamente inteligente, afetuoso e possessivo. É considerado pela maioria das pessoas um cachorrinho de colo mas é, para quem partilha a vida com ele, um cãozinho feliz, e assim era o Zeeko. O pequeno e feliz Zeeko, de apenas seis meses, faleceu por um acidente infeliz. Durante sua curta existência encheu a existência de seu dono de atividade e alegria, e assim deve ser lembrado. O que conta é que viveu intensamente seus poucos seis meses que, numa escala humana, equivalem a três anos e meio, era uma criança, portanto. Pessoas que só o conheceram por fotos e um filminho caseiro se encantaram pela sua “personalidade” irriquieta e olhar inteligente, todos, com muita tristeza, choramos seu passamento. Se existe um céu para cachorrinhos ele estará lá, saltitante e feliz com seus semelhantes, temos certeza.



Adeus Zeeko.

4 comments:

Andressa said...

Gu...
Com certeza ele está no céu!!
O texto do seu pai é lindo... e esse é realmente o grande sentido da vida... conseguir ser lembrado pelas suas ações... e ele te fez feliz... como o próximo (que não irá substitui-lo) também o fará!!
Desde tempos remoptos já diziam que o cão é o melhor amigo de um homem e vc sabe que é...
Bjos e fique com Deus!!

cinófilo. said...

O que me comove profundamente é a gratuidade da morte desse bichinho, ele não merecia!

Daniel Caron said...

Cara, sinto muito por seu cão.

Thaislane said...

É, a realidade é fria, mas o que fazer né? "Vão-se os anéis, ficam os dedos".. um conselho: compre outro! Assim a dor da perda vai embora e você apenas sempre o lembrará com afeto.
Quanto a amiga acho melhor mudar de raça ou então..
Bjos